"Dance like no one is watching, love like you'll never be hurt, sing like no one is listening, and live like it's heaven on earth."- William Purkey
23
Dez 10
publicado por Muito Mais Branco, às 17:20link do post | comentar


images (1)

 

Andava eu ontem, atarefada enquanto tirava loiça da máquina e ia preparando o jantar, entretanto ajudava a Francisca no banho, a lavar a cabeça, e ao mesmo tempo preparava o pijama que ela ia vestir a seguir e entre um salpico e outro lá punha a mesa, sim, isto tudo ao mesmo tempo, tenho sorte, sou mulher… e enquanto andava eu a fazer isto tudo ia ouvindo as dicas de beleza da Ana Rita Clara, no programa Mais Mulher.

 

Ás tantas começou a rubrica ‘be my guest’ com a Barbara Taborda, que vinha dar-nos propostas para o fim de ano. Quem me conhece sabe perfeitamente que eu não ligo bóia à passagem de ano, já a passei a viajar, a estudar e até já a passei a dormir…mas como gosto de ouvir as propostas da Barbara, e porque ando meia perdida com o que fazer na passagem de ano, embora não fosse assunto com o qual eu me preocupasse minimamente, por isso consegui ocupar só meia cabeça a ouvir as suas propostas e continuei (em piloto automático) a fazer as mil e uma coisas que me ocupava o físico.

 

Entretanto comecei a ouvir que o hotel X ia fazer uma noite inesquecível e inigualável, na piscina, em pareceria com a rádio Y e que ia ser ‘A’ noite da passagem do ano, para quem morava perto, na zona de Cascais, e que por ser nessa zona, que as pessoas, depois de dançarem all night long, poderiam ir dar um mergulho para festejar a entrada no ano novo.  Achei-lhe (à Barbara) alguma graça e parei de fazer o que andava a fazer e dediquei-lhe 100% da minha atenção. Ela continuou a dar outras sugestões e vai dai fala noutro hotel, desta vez em Tróia, em que as pessoas podiam entreter-se a dançar all night long, e se se fartassem poderiam ir jogar no casino e depois voltar para a disco, que ficava na praia e por fim poderiam eventualmente ir celebrar o ano novo com um mergulho no mar (quentinho) de Tróia. Continuou para a zona algarvia, mais propriamente para a praia dos pescadores e claro finalizou a proposta com o já tão esperado mergulho de comemoração do novo ano, que segundo ela, será o melhor ano alguma vez vivido. Raios te parta os economistas, aqueles que se formam com uma média de 20 na católica, esses não percebem nada, não têm o 6º sentido apurado, não intuem que 2011 irá ser um ano fabuloso e que a crise, essa, morre com o frio do mergulho nas águas lusitanas de Janeiro.

 

Ou será que ela pensa que depois de umas valentes doses de drogas champanhe, até sabe bem, para curar a ressaca, a pessoa atirar-se nas aguas frescas da Tugólância? Granda maluca, vai lá vai….

 

Boas festas e melhores entradas é que eu vos desejo! E tenham cuidado com os mergulhos, não vá dar-se o milagre de até gostarem e depois é aquele inferno para quem mora na linha, já basta a evasão do pessoal do burgo nos meses de verão, vamos ficar por ai, boa? Esqueçam lá a praia em Janeiro, ok?

 

Agora fui.


mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO