"Dance like no one is watching, love like you'll never be hurt, sing like no one is listening, and live like it's heaven on earth."- William Purkey
05
Jul 10
publicado por Muito Mais Branco, às 13:10link do post | comentar

 

 


Ontem acordámos cedo, tomámos duche, vestimo-nos, agarrámos nos pára-quedas e fomos até à praia de Santo Amaro de Oeiras. Deviam estar uns 35º. Entrámos no heli, subimos 1.000 metros e zás. Saltámos. A ideia era fazer um salto de demonstração para a praia.

 

Agora dá para imaginar como estava a praia de Santo Amaro à hora do almoço em pleno Domingo? Pois…estava ligeiramente atestada de milhões de tugas…. E nós com asas rápidas que aterram com muita velocidade… hummm pois….a coisa correu bem, mas olhando para trás, podia não ter corrido… e eu podia perfeitamente ter passado a ferro alguma criancinha que por lá estivesse a passar… já passou…ufff…

 

Estávamos a comemorar o dia da Vila de Oeiras, em abono da verdade estávamos a curtir a ideia de ir saltar para a beach dum heli, ser Oerias ou Estoril, tanto fazia… mas ainda bem que tudo se passou na praia de Santo Amaro, olha se tivesse sido no Tamariz… vendo bem as coisas, parece-me que foi bem mais seguro saltar para um micro quadrado em Santo Amaro, do que ir passar o dia à praia do Tamariz… isso é que foi… agora Fui.

: Aliviada

publicado por Muito Mais Branco, às 13:10link do post | comentar

 


 

Pois bem me quer parecer que há qualquer coisa estranha com os Cartugas. É que os Cartugas, dum modo geral, são uns visionários, apoissãossim! É que conseguem apitar imediatamente um milésimo de segundo antes do semáforo passar de vermelho para o verde, e eu que tenho uma costela inglesa não tenho essa habilidade, tão típica Tuga, levo sempre com eles a apitarem-me… Faço, por isso, um apelo, aos Cartugas, para terem paciência com os que não têm tamanha habilidade e só se apercebem que o sinal mudou um milésimo de segundo depois deste ter efectivamente mudado. Paciência meus senhores, mais paciência…

 

Depois há outra coisa em que os Cartugas se esmeram. É aquando da aproximação do semáforo quando este muda para o laranja (mesmo antes de ficar vermelho) e resolvem por o pé no travão, só um cheirinho…e a malta que vai atrás pensa que o Cartugar, qual cidadão exemplar, vai parar…mas não, enganam-se, o dito cheirinho no travão era só para nos enganar, nos obrigar a travar para depois o Cartuga arrancar e quem está a trás é que leva com o vermelho… ápoizé…

 

Outra coisa que eu tenho cá para mim como sendo tradicionalmente Tuga é a mania dos Cartugas, que viajam a mais de 120km/hora, nas auto-estradas Tugas de, de vez em quando encostarem o pé ao travão, mas por razão nenhuma, só para ver se funciona (e talvez para mexer o pé?!?) e claro para alarmar o condutor do veiculo que vem a trás, que se assusta, por nada. Será que é um sinal Tuga de ‘chega pra lá?’ Desconfio que sim, mas há que ter cuidado, pois vezes há, efectivamente, em que têm mesmo que travar, e a fundo, isto porque se enganaram na saída e, obviamente que, sob o risco de atropelar outro Cartuga, fazem uma perfeita diagonal, entre a faixa da esquerda, onde se situam, e a saída da auto-estrada, que iam, por pouco, falhar…  

 

Ainda bem que hoje vim de moto, assim também eu provoco um certo medo aos Cartugas quando lhes resolvo ultrapassar entre as faixas e quase quase que lhes gamo os espelhos laterais…

 

A propósito da moto, vou ver se ela continua lá em baixo…. Fui.


publicado por Muito Mais Branco, às 13:10link do post | comentar

  


 

Ontem deu mais um episódio do ‘achas que sabes dançar’. Eu vi. Adoro o programa. Adorava dançar como elas dançam e com eles, mas isso fica para uma próxima encarnação, é como o meu outro sonho.

 

Mas, dizia eu que passei o serão a ver o programa e devo-vos dizer que achei resmas de graça quando o César Augusto Moniz, a propósito duma tal de ‘Tifanie’ (com ‘ie’ e não ‘y’, pois a rapariga é 100% tuga e não tem a culpa de ter pais imigras), disse, cito: ‘não se parece com as mulheres portuguesas, pois é muito bonita e tem pernas muito compridas e elegantes…’ será que ele acha que estamos no ‘so you think you can dance’ americano? HEY, CÉSAR tamos na Tugólândia… hello?? Até podes ter razão, mas uma afirmação dessas em horário nobre para 10 milhões de tugas não me parece ser um right move pois não? Mas a cereja no topo do bolo veio logo depois, com esta pérola (numa de tentar remediar o que tinha dito), e volto a citar ‘bom, quer dizer, esta nova geração já não é assim…‘ ou seja, as velhas a partir dos 15 anos que se mentalizem que são feias e de perna curta, as que nasceram há uns 10/12 anos essas até se safam, nem parecem portuguesas. Hei, CÉSAR, o programa passa em horário nobre para um público maioritariamente feminino e TUGA… Cá para mim ele está mazé a pensar emigrar…isso é que é.

 

 

Agora vou-me inscrever nos alunos da Apolo, é que ouvi dizer que têm dançarinas bonitas e de perna alta, assim do tipo estrangeiro…. Fui…

 


mais sobre mim
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO