"Dance like no one is watching, love like you'll never be hurt, sing like no one is listening, and live like it's heaven on earth."- William Purkey
21
Set 10
publicado por Muito Mais Branco, às 12:07link do post

“Os homens vão prá cama com qualquer uma.”


Sempre me irritou esta frase, feita e dita assim por quem levou um granda par de cornos, como quem desculpa assim os machos, porque eles (coitados) são assim…

 

Pois não são… não são mesmo….

 

Eu explico: é que o animal homem que ainda não ganhou consciência do sentimento negativo que pode causar ao próximo, é ainda um animal muito básico, muito primário, parecido com os animais irracionais, ele ainda age por instintos, é ainda muito físico e pouco psicológico, as redes neuronais ainda pouco se formaram, e por isso encontra-se numa fase muito elementar da vida, parecidos com cães que fazem sexo indiscriminadamente com qualquer cadela que os deixe. Para este homens, tudo o que vem à rede é peixe. Mas (felizmente) existem os outros. Existem aqueles que já ganharam consciência e já conseguem atingir um nível psicológico que lhes permite sentir, deixam de agir pelo instinto e passam a agir segundo as redes neuronais que construíram e assim são requintados na escolha sexual. Não comem tudo o que lhes aparece à frente. Têm critérios de escolha complexos e agem de acordo com a consciência que adquiriram e sob princípios e valores comuns aos seres ditos ‘superiores’.

 

Este lado animal mais visível no macho, e menos na fêmea tem a ver com o facto de aos machos tudo lhes ser permitido, ou antes, tudo lhes é aceite, e os comportamentos que têm, bons ou maus pouco interessa porque são atribuídos à condição masculina. É comum perguntar-se aos miúdos pequenos quantas namoradas têm e nada vulgar fazer-se a mesma pergunta às meninas raparigas novas…

 

Pois… às meninas é desenvolvido, logo desde cedo, o sentimento. É-lhes oferecidas bonecas, onde elas, desde tenra idade cultivam os afectos, desenvolvem a consciência, a intuição. Aos miúdos é-lhes oferecido carrinhos, para brincarem, para chocarem uns com os outros, para desenvolverem o lado físico, o lado mais bruto e irracional. Estes miúdos têm um percurso mais sinuoso e mais difícil para chegarem ao nível onde as miúdas naturalmente estão. Por isso nem todos conseguem, alguns ficam pelo caminho.

 

Aqueles que de facto conseguem são uns heróis e não vão prá cama com qualquer uma!


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
17
18

19
20
23
24
25

26
27
28
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO