"Dance like no one is watching, love like you'll never be hurt, sing like no one is listening, and live like it's heaven on earth."- William Purkey
11
Out 11
publicado por Muito Mais Branco, às 14:17link do post | comentar

 

 20111011_bloge 2

 

 

Ontem na cama antes de adormecer, começa a lengalenga do costume.

 

Ela: Óh mãeeeeeeee….

 

Eu: UquiÉ???

Ela: FICÁQUI… (e choraminga, ou ameaça que vai chorar, sei lá)

 

Eu: Bemmmmm o que é que se passa??? Vais fazer 8 anos, não dá para birras nem para te portares como se tivesses 5, não achas?

(e viro costas, saiu do quarto)

 

Ela: mãeeeeeee (e arrasta a voz com choro no final)

 

Eu tenho que decidir: quem manda? Sou eu. Então I’ll stick to the plan. E o plano é: eu é que mando. E portanto ela bem pode choramingar que EU não vou lá….

 

Começo a contar muito devagar 1, 2, 3 (…) 10, 11, 12. O choraminganço passou a choro…. 13, 14, 15, (…) 20, 21. Hesito… Começo a sentir receio que os vizinhos chamem a polícia por suspeita de violência doméstica, pois o choro já começa a entrar em decibéis muito pouco aconselháveis para aquela hora da noite.

 

Entro no quarto com a cara número 36.

 

Eu: É MELHOR CALARES-TE PORQUE SENÃO OS VIZINHOS CHAMAM A POLICIA PARA TE PRENDEREM, PORQUE A ESTA HORA NÃO SE PODE FAZER TANTO BARULHO!!!

 

(ela cala-se, intrigada e meia assustada)

 

Ela: tá bem mãe, eu calo-me mas porque é que tu estás a gritar comigo?

 

Eu (sento-me na beira da cama e ponho o meu ar mais calmo): filha, é assim: quando tu escolhes o comportamento tu escolhes a consequência. Se choras e fazes birra, escolhes um comportamento mau, logo irás ter uma consequência má, que é eu gritar contigo. Se não chorasses e me pedisses para ficar um bocadinho aqui a dar-te miminhos estarias a escolher um bom comportamento e terias uma boa consequência, eu ficaria a dar-te miminhos, compreendes?

 

Ela: sim, um bom comportamento tem uma boa consequência e um mau comportamento tem uma má consequência.

 

Eu (credo, foi tão fácil…): isso mesmo filha!

 

Ela (pensativa): não, não…. nem sempre é assim…

 

Eu: não?

 

Ela: não! Então imagina que há um gato no tecto, e ele está a cair, e eu vou a correr salvá-lo mas tropeço e caiu, e o gato cai no chão e morre. O comportamento era bom, mas a consequência foi má… eu escolhi um comportamento bom: salvar o gato, mas a consequência foi má: ele morreu

WTF??? HELP!!!!


mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO