"Dance like no one is watching, love like you'll never be hurt, sing like no one is listening, and live like it's heaven on earth."- William Purkey
28
Out 10
publicado por Muito Mais Branco, às 13:12link do post | comentar

 

Há 7 anos que nasceste, há 7 que sou MÃE. Há 7 anos que me tornei numa melhor pessoa. Há 7 anos que sou mais feliz, mais completa como mulher. Há 7 anos que sei o que é Amar (INCONDICIONALMENTE). Foram 7 anos de muita aprendizagem recíproca. Consegues sempre surpreender-me. Começo a dar por mim a admirar-te, meia-leca… coisas que para mim são mega complicadas, tu desmistificas e simplificas de tal forma, obviamente característico da tua idade, que me sinto parva. Na volta até sou e nunca dei por isso…

 

Mas há 7 anos que passei a sentir-me culpada. Culpada por cada vez que ia fazer ginástica te deixar, por uma hora, com a avó. Culpada por sentir que te estava a ‘abandonar’, pois lá dentro, bem lá no fundo o que eu queria era me voltar a encontrar e achava que estava de alguma forma a ser egoísta por ir dedicar 1 hora do meu dia (e do teu dia) apenas e só a mim. Culpada por querer voltar a sentir-me mulher, afinal, achava eu, não tinha esse direito. Ajoelhou? Vai ter de rezar…. Que raio de pessoa era eu que me queria encontrar como mulher e que queria estar comigo por uma hora e quase te ‘abandonava’, para ir dar-me prazer? Guilty. And more guilty.

 

Até que começaste a crescer e começaste a querer estar com outras pessoas, e me ensinaste que não eras só e apenas filha, que eras também, e sobretudo, criança. Que assim como eu não queria ser apenas Mãe, tu não querias ser apenas Filha. Aprendi que podemos ser mãe e mulher ao mesmo tempo e que não temos necessariamente de nos sentirmos culpadas por precisarmos do nosso espaço e do nosso momento como mulher. 7 anos depois aprendi que sou uma Mulher (desconfio que parva e) realizada por ser Mãe de uma Filha, saudável, linda e inteligente e acima de tudo uma Criança super feliz.

 

O que mais se pode querer na vida? Ok possivelmente podia pedir para não ser parva…é discutível…

 

Agora vou tratar das toneladas de merd@s para o aniversário da piquena, meia-leca. Fui…


mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29
30

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO